Tratos Culturais em Cana Soca: mantendo a produtividade com o uso de biológicos

Tratos Culturais em Cana Soca: mantendo a produtividade com o uso de biológicos

Imediatamente após a colheita de uma área de cana-de-açúcar, que não está destinada à reforma (novo plantio), inicia-se as atividades dos tratos culturais de cana soca.
As principais atividades ou processos envolvidos nessa fase são a fertilização, o controle de plantas daninhas, o uso de corretivos de solo, o controle de pragas e doenças, a correção de falhas por meio de replantio e outras tecnologias visando aumento de vigor da cultura.
Alguns destes processos citados anteriormente tiveram sua eficácia aumentada por meio de uma operação denominada de “corte de soqueira”.

Operação "corte de soqueira"

O “corte de soqueira” é uma prática cultural utilizada hoje em larga escala em canaviais, principalmente naqueles com alta incidência de pragas que habitam o solo e atacam raízes e rizomas, provocando danos econômicos na cultura. A prática teve início com o controle de nematoides em soqueira da cana e se estendeu para outras pragas como o Migdolus fryanus e o Sphenophorus levis, sendo a prática mais eficiente no controle destas pragas em cana soca.
Com a expansão do “corte de soqueira” como prática cultural, a operação foi aproveitada na concentração de outras atividades realizadas no processo, como a fertilização, o controle de doenças e os ganhos de vigor - melhorando a eficiência das operações e eficácia no resultado pretendido, com consequente redução nos custos.
É inegável hoje que, para cada atividade que forma o trato cultural da cana soca, além dos tradicionais produtos químicos empregados, temos produtos biológicos com igual ou superior resposta aos controles esperados, principalmente pela condição proporcionada pelo “corte de soqueira” na incorporação dos microrganismos ao solo, possibilitando maior e mais prolongada ação.

O uso de produtos biológicos no "corte de soqueira"

O uso de produtos biológicos introduzidos ao solo por meio da operação de “corte de soqueira” promoverá, além do controle inicial almejado, a produção de metabólicos que proporcionarão ganhos indiretos à cultura da cana-de-açúcar, pelo maior desenvolvimento radicular e consequente aumento do vigor das plantas, assim como estimularão indução à resistência contra pragas e doenças como o “carvão da cana-de-açúcar”.
A BIOTROP, levando a agricultura sustentável e regenerativa aos seus clientes, atua por meio de um portifólio de produtos com formulações modernas e estáveis, que proporcionam tempo de prateleira (shelf life) de até dois anos de armazenamento sem refrigeração, compatibilidade e garantia de sobrevivência dos microrganismos de seus produtos em mistura com produtos químicos, além de outros benefícios e modos de ação.
Assim, os bioestimulantes, bionematicidas, biofungicidas, bioinseticidas, hidrocapacitores, fixadores de nitrogênio (FBN) e solubilizadores de nutrientes da BIOTROP podem, de forma eficaz, serem agregados na operação de “corte de soqueira”.
Além dos ganhos agronômicos, a BIOTROP ainda traz o benefício do aumento no número de CBios gerados pela utilização de produtos biológicos em substituição aos químicos. Muito em breve, esse cálculo poderá ser simulado por meio de uma calculadora exclusiva em desenvolvimento pela BIOTROP.


Confira todas as soluções biológicas da BIOTROP acessando aqui.


BIOTROP – Semeando biológicos, cultivando Vida!

28 de janeiro de 2021

Tratos Culturais em Cana Soca: mantendo a produtividade com o uso de biológicos

Saiba como aumentar a eficácia dos tratos culturais em cana soca, através do uso de produtos biológicos introduzidos ao solo por meio da operação de “corte de soqueira” promovendo eficiência superior nas operações.

28 de janeiro de 2021

A microbiologia do solo e a influência na produtividade do cultivo de cana-de-açúcar

Saiba como o Agrobiota, programa da BIOTROP de análises metagenômicas do solo, têm ajudado grandes usinas de cana-de-açúcar a elevarem a produtividade, a rentabilidade e sustentabilidade de seus canaviais.

28 de janeiro de 2021

BIOTROP conclui segunda etapa de emissão de debêntures sustentáveis

Dado o nosso crescimento acelerado, foi antecipada a emissão de títulos verdes, totalizando R$ 200 milhões em recursos.

1 2 3 26